Alunos participam da comemoração dos mil dias para a Copa

16 de set de 2011 - dev

Cerca de 40 alunos da rede municipal de Salvador estiveram presentes na comemoração que marcou os mil dias para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, na manhã desta sexta–feira (16), no Pelourinho. A participação dos estudantes é uma parceria da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), por meio do Programa de Educação Esportiva.

Estudantes das Escolas Municipais Abrigo do Salvador e Cônsul Schindler, que participam do projeto Karatê na Escola, fizeram apresentações de Katá (representação de movimentos baseados em formas de combate) e Kumitê (método de treinamento em que duas pessoas se enfrentam mostrando as técnicas adquiridas).

As alunas das Escolas Municipais Senhor do Bonfim e D. Francisco Leite que fazem parte do Projeto Ginástica Rítmica na Escola fizeram apresentações de GR com aparelhos, também na Praça Municipal.

A Secult iniciou nesta sexta-feira a série de palestras sobre a História da Copa do Mundo para os alunos da rede, às 14h30, na Casa do Benin, no Pelourinho. A primeira unidade beneficiada foi a Municipal Milton Santos. As próximas unidades a participarem do evento são as Municipais Antonio Phiton, Professor Arististes Novaes, Dr. Orlando Imbassay, Ricardo Pereira, Artur de Sales, Vila Vicentina, dentre outras. As palestras são coordenadas pelo Programa de Educação Esportiva da Secult e acontecerão nas escolas durante todo ano letivo.

Contagem Regressiva – Em Salvador, a festa dos mil dias para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 teve as cores, o ritmo e toda beleza da cultura local. Antes das 7h da manhã, baianas desfilavam sorrisos largos e os tambores do Olodum já tocavam no Dique do Tororó, região em que está localizada a Arena Fonte Nova e que será, com certeza, o maior ponto de concentração de pessoas durante os Jogos. Uma alvorada de fogos anunciava o início do evento.

O relógio regressivo, acionado hoje, também não poderia ser diferente: tem formato de berimbau, ou melhor, berimbola, uma mistura de berimbau com bola de futebol que já está virando uma marca da cidade na Copa.

No Pelourinho, para onde seguiram as autoridades após o evento do Dique, o agito também foi grande. Por lá passaram o Cortejo Afro, os Filhos de Gandhy, a banda da Guarda Municipal de Salvador e muitos grupos percussivos. Além disso, as demonstrações esportivas levaram ao Centro Histórico o clima perfeito: capoeira, karatê, iô-iô, ginástica rítmica e, claro, o futebol estiveram bem representados. Até o prefeito João Henrique ensaiou umas embaixadinhas.

A programação cultural diversa mostrou que o maior bem de Salvador é mesmo o seu povo e as suas tradições. A comemoração dos mil dias foi apenas uma mostra de toda a diversidade que o turista vai encontrar na cidade quando vier assistir a um dos jogos da Copa 2014.

Na Faculdade de Medicina da UFBA, no Pelourinho, foi assinado o Protocolo de Intenções pelo Município de Salvador, Governo do Estado e entidades da sociedade civil engajadas no processo de preparação da cidade para o maior evento esportivo do Mundo.

O Protocolo tem como objetivo a convergência de esforços entre as instituições, com a finalidade de preparar a Cidade de Salvador para as Competições e para os legados físicos, sociais e institucionais que serão deixados. Dessa forma, a intenção é de que sejam realizadas, dentro das competências de cada ente, ações e projetos que promovam a sustentabilidade, a inclusão social, a valorização da matriz africana da Cidade e o desenvolvimento econômico e social da sua população.