Aula Inaugural da Jornada Pedagógica 2010 foi um sucesso

04 de fev de 2010 - dev

Muita energia e alegria marcaram a Aula Inaugural da Jornada Pedagógica 2010 da Rede Municipal de Ensino, realizada ontem à noite, na Concha Acústica. O ano letivo só inicia no próximo dia 8 de fevereiro, mas desde segunda-feira, dia 1º, professores, coordenadores e gestores da rede estão reunidos no evento, que traz como tema Conceitos, Valores e Amor, atitudes que serão o alicerce do trabalho em sala de aula.

Ontem, cerca de seis mil docentes participaram da Aula Inaugural, mostrando toda motivação e carinho que serão dispensados aos mais de 150 mil alunos da rede a partir da próxima semana. A abertura da jornada, promovida pela Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), foi feita pelo secretário Carlos Soares, e a programação seguiu com a palestra do educador Roberto Carlos Santos, que inspirou o filme O Contador de Histórias, com os pockets shows das cantoras Will Carvalho e Márcia Short e com o show do cantor Jorge Vercillo.

“Me sinto muito orgulhosa em fazer parte da Rede Municipal, porque me sinto muito valorizada. A jornada gera integração e levanta nosso astral para que a gente volte para as salas de aula com todo o gás”, afirmou a professora Rosicleide Lima. “Sem professor não existe escola, então é realmente necessário que existam iniciativas como estas para incentivar e valorizar esse trabalho tão importante para a transformação do país”, reforçou o educador Roberto Carlos, que ministrou a palestra Pedagogia do Amor.

De acordo com o Coordenador de Ensino e Apoio Pedagógico da Secult, Manoel Calazans, a jornada é um momento de aperfeiçoamento para os educadores da rede, possibilitando uma avaliação sobre o ano letivo anterior e uma discussão sobre as ações pedagógicas programadas para 2010. O secretário Carlos Soares não escondeu a felicidade em ver os educadores das 414 escolas da rede tão contentes e entusiasmados para o início das aulas.

“A jornada é o marco zero das atividades letivas e também o momento apropriado para reflexões, permitindo-nos pensar a educação como instrumento que auxilie a criança descobrir-se como pessoa, e isso só pode ser feito com muito amor”, afirmou o secretário. O cantor Jorge Vercillo agradeceu o convite da Secult e levou o público ao delírio quando revelou que conhecia bem a luta dos educadores por ser filho e sobrinho de professores.

“Estou muito feliz em animar essa Jornada Pedagógica e perceber que a rede se preocupa em fazer educação com amor, porque acredito que a educação é mesmo o único instrumento para a evolução da humanidade”, concluiu Jorge.