Deficiência intelectual é tema de curso para professores da rede municipal

11 de Maio de 2012 - dev

A Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) dá início ao curso Educação da Pessoa com Deficiência Intelectual na próxima terça-feira (15), no Colégio Estadual da Bahia – Central, na Avenida Joana Angélica. O curso tem parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e a ONG Pierre Bourdieu, por meio dos Projetos Inovadores para a Educação Básica (PICEB).

Com carga horária de 40 horas, o curso é voltado para 50 professores da rede municipal de ensino com alunos com deficiência intelectual incluídos em sala regular. As aulas vão acontecer às terças-feiras, das 8h às 12h. Momentos como esse de debate, construção de conhecimento e ressignificação da prática pedagógica irão oportunizar ao professor planejar para ensinar.

Serão abordados os seguintes temas: os princípios e fundamentos para a construção de uma escola inclusiva; Sujeito com deficiência intelectual: suas potencialidades e necessidades; Contribuições teóricas no processo ensino aprendizagem das pessoas com deficiência intelectual; Currículo funcional, aprendizagem significativa e o trabalho cooperativo; O jogo como instrumento no processo de ensino e aprendizagem dos alunos com DI; Avaliação: para quê, o quê e como avaliar o aluno com DI? e Estudo de caso de aluno com DI.

O PICEB engloba um conjunto de projetos integrados e inovadores que vão contribuir para a melhoria das condições de ensino, o desenvolvimento de ações culturais e o incentivo à formação continuada dos gestores, coordenadores pedagógicos e professores da rede.