Diretores da Rede Municipal participam de curso da GCM sobre segurança no ambiente escolar

17 de ago de 2023 - Jornalismo

Segurança no ambiente escolar e cultura de paz são os temas de curso direcionado a diretores e vice-diretores das unidades de ensino da Rede Municipal ministrado pela Guarda Civil Municipal de Salvador. O primeiro encontro ocorreu na Escola Municipal Nossa Senhora dos Anjos, localizada no bairro de Brotas, na quarta-feira (16). De iniciativa da GCM Salvador, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação (Smed), o projeto busca ouvir os líderes das instituições de ensino e implantar, de forma cooperativa, um ambiente escolar seguro.

Segundo Bruno Muniz, gerente de Operações da GCM, a ideia é criar um Procedimento Operacional Padrão (POP) das escolas no que tange à segurança escolar, para depois ampliar esse treinamento a agentes de portaria, professores e outros funcionários que transitam nas escolas. Ressaltando o sentimento de pertencimento que advém dessa parceria, Enilza Rocha, gerente da GR de São Caetano, enfatiza a relevância da GCM nessa relação com as instituições de ensino. “É muito importante esse encontro e a Guarda sempre nos deu apoio. Todos os casos que temos na escola, inclusive sabendo ou não se é de competência do órgão, a gente recorre à Guarda, porque ela nos ajuda, pelo papel que desempenha na prevenção à violência”, disse. Ela ainda afirma que as rondas escolares têm dado muito resultado. “Esse encontro hoje para capacitação é de extrema importância para a paz dentro da escola”, completa.

Servidor da GCM e instrutor da capacitação, Ubirajara Azevedo fala sobre a importância de ter um diálogo constante entre os profissionais da educação e a Guarda Municipal. “São 422 unidades de ensino, cada uma tem a sua peculiaridade, a gente quer ouvir os gestores, suas preocupações, para que a gente possa construir de forma participativa a segurança com a educação. Que a gente possa construir esse planejamento de segurança de forma participativa com eles, que são também os atores dessa construção”, afirma. “Com a participação da educação e de outros órgãos de proteção, como Ministério Público, Conselho Tutelar e Defensoria Pública, fica muito mais fácil, porque nossa atuação vai ser balizada pelas decisões que tomarmos juntos. A nossa meta é tornar o ambiente escolar seguro para todos e sermos referência nacional em segurança escolar”.

O patrulhamento nas escolas é uma atribuição da Guarda Civil Municipal de Salvador desde 2008, quando foi criada. As atividades foram ampliadas em 2023, com o investimento de dez novas viaturas destinadas exclusivamente para essa demanda.

Texto e foto: Ascom/GCM