Infância e Adolescência é tema de encontro promovido pela Secult

20 de nov de 2010 - dev

A Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), através da Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico (CENAP), realizou nesta sexta-feira (19), no auditório da Faculdade 2 de Julho, o seminário A Infância e Adolescência Subtraída.

O encontro, que teve como objetivo promover uma discussão sobre a violência sexual cometida contra criança e o adolescente, contou com a participação de aproximadamente 100 professores, coordenadores pedagógicos e gestores que compõem a Rede Municipal de Educação.

De acordo com a subcoordenadora da CENAP, Edna Rodrigues, a realização do seminário possibilitou o dialogo e abordagem com diversos segmentos da sociedade sobre as questões da realidade social e os aspectos legais que tangenciam o abuso e exploração sexual em crianças e adolescentes.
“Nossa intenção é que os professores reflitam sobre o assunto e principalmente assumam uma postura mais efetiva e preventiva no âmbito da unidade escolar”, destacou Edna.

A promotora do Ministério Publico do Estado da Bahia, Marcia Guedes, também participou do encontro e ressaltou a importância da educação no processo de formação de cada criança e adolescente. “É importante que o educador olhe para os seus alunos e tentem identificar se há algo de errado ou diferente no comportamento de cada um deles, pois, às vezes, na própria sala de aula são dados vários sinais de que estão sofrendo algum tipo de violência sexual”, falou Guedes.

O assessor especial da Secult, Sergio Miranda, falou sobre a importância da promoção de encontros como estes que tratam assuntos relevantes para toda sociedade. “Todos nós temos responsabilidade e o nosso desejo é que cada educador saia deste encontro renovado e com vontade de promover mudanças”, falou Sérgio.