Mais de 11 mil alunos beneficiados com inclusão sociodigital

07 de out de 2011 - dev

Uma parceria entre a Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) e o Instituto Miguel Calmon (IMIC) está promovendo a alfabetização digital e disponibilizando cursos que contribuam para o desenvolvimento de competências e habilidades para 11.680 alunos de 22 escolas da rede municipal de ensino de Salvador. O Projeto Inclusão Sociodigital foi apresentado nesta sexta-feira (7), no Teatro da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) para alunos, professores, gestores e autoridades.

Além de disponibilizar o acesso às novas tecnologias, o projeto maximiza o trabalho do docente na preparação das aulas e auxilia todo o corpo administrativo no desenvolvimento do seu trabalho. “Se não fosse essa iniciativa, os alunos não teriam a oportunidade de conhecer esse mundo digital que está presente no nosso cotidiano. A maioria deles só tem acesso aos computadores na escola”, explica a diretora da Escola Municipal Pedro Veloso Gordilho, Zuleide Moreno.

O Inclusão Sociodigital atende também a 510 alunos das comunidades em cursos profissionalizantes, gerando 250 empregos diretos e indiretos. O projeto prevê ainda a ambientação dos laboratórios de informática e estruturação física, bem como implantação de software gestor. As aulas, realizadas por instrutores qualificados, são 100% práticas e demonstrativas, de acordo com o modelo aprender-aplicar.

A aluna da Municipal de Jequié, Laís de Santana, 14 anos, não tem computador em casa e sempre que pode utiliza os equipamentos da escola porque tem interesse e facilidade de aprender. “Utilizo a sala de informática para fazer pesquisas, acessar as redes sociais e ver vídeos, que é o que eu mais gosto de fazer”, disse.

“Esse ato é simples, mas importante para a formação de vocês, eu acredito que vocês serão melhores que nós e estarão à frente de casas de família, grandes empresas e quem sabe da Prefeitura de Salvador”, comemorou o secretario João Carlos Bacelar, que foi bastante aplaudido. Bacelar também parabenizou o trabalho pedagógico realizado pelos educadores e diretores nas unidades de ensino, que tem feito a diferença na educação das crianças.

Em seu discurso, o representante do IMIC, Adary Oliveira, ressaltou a importância da educação para o futuro das crianças. “Tenho orgulho de colaborar com Salvador realizando esse trabalho. Espero que vocês aproveitem o máximo, porque ninguém vai tirar de vocês a educação, é ela que dá valor e faz a diferença. Espero encontrar com vocês no futuro”, destacou.