Prefeitura inicia capacitação para auxiliares de desenvolvimento infantil da rede municipal

20 de jun de 2023 - Jornalismo

Os auxiliares de desenvolvimento infantil (ADIs) que atuam na rede municipal de ensino de salvador estão participando de uma capacitação técnica direcionada especificamente ao exercício da função. A atividade, promovida pelas secretarias municipais da Educação (Smed) e de Gestão (Semge), e organizado pela Appa Facilities, acontece nestas terça (20) e quarta-feiras (21), no Centro de Convenções do Hotel Fiesta, no Itaigara. Estiveram presentes na abertura o secretário municipal da Educação, Thiago Dantas, o diretor de Gestão de Pessoas da Semge, Gustavo Moris, e a gerente de Inclusão e Transversalidade, Daniela da Hora.

Auxiliar no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Calabar, Gabrielle Cunha, de 21 anos, falou sobre a importância da capacitação para a melhoria do trabalho diário. “Muitas dúvidas que nos acompanham no dia a dia estão sendo esclarecidas aqui. Penso que um bom profissional precisa de informação para tornar-se capaz de fazer o trabalho com excelência”, afirmou.

Bárbara de Sá Ribeiro, 53, é ADI no Cmei Hélcio Trigueiro, localizado em Sete de Abril (GRE Pirajá). Para ela, o evento foi muito importante e se destacou pelo conteúdo e organização. “O treinamento foi bem focado, todo voltado aos temas propostos e às questões que vivenciamos no dia a dia de sala de aula”, disse Bárbara, que atua na área há 3 anos e oito meses. “A capacitação traz para nossa prática mais segurança, novos conhecimentos e mais autonomia. Assim, esse evento foi importantíssimo”, frisou.

O treinamento abordou temas como o desenvolvimento infantil, postura profissional, inclusão, inteligência emocional e prática laboral do ADI. Durante a ação, os participantes assistiram a uma palestra com a pedagoga Mamary Lopes, especialista em Neuropsicologia e em Educação Inclusiva, mestre e doutoranda em Educação Especial, que abordou as atividades realizadas pelos ADIs, bem como práticas e condutas recomendadas de acordo com a educação inclusiva. O evento contou ainda com a participação da pedagoga Veronica Parravano, especializada em Desenvolvimento Humano Organizacional, que tratou sobre competências comportamentais e técnicas, entre outros temas.

Nossa Escola – Essa primeira capacitação ocorreu no âmbito do programa Nossa Escola, lançado no início de maio pela Prefeitura. Trata-se de um pacote de ações e investimentos direcionados à educação pública municipal, com foco na alfabetização, cuidado e formação.

“Investir em educação é prioridade no nosso município. Assim, estamos executando esse amplo programa que abrange aspectos fundamentais da dinâmica educacional. É nesse contexto que se insere a formação dos ADIs, que com esse treinamento já chegarão em sala de aula com maior conhecimento para uma atuação mais qualificada”, disse o titular da Smed, Thiago Dantas.

O gestor também destacou outros pontos do programa Nossa Escola, como a criação de um centro de formação, contratação de psicólogos para fortalecer vínculos e dar suporte ao corpo docente, contratação de 1.500 estagiários para ampliar o reforço da alfabetização, videomonitoramento das unidades de ensino, ronda escolar, com um trabalho humanizado da GCM (Guarda Civil Municipal) junto às escolas, entre outros.

“A realização desse treinamento é mais um avanço da educação pública municipal. Formar e qualificar os ADIs é de suma importância para o trabalho em sala de aula, com destaque para a educação inclusiva. E é a primeira vez que a rede oferece uma capacitação desse porte voltada a esses profissionais”, completou Dantas. A Smed manterá ainda um fluxo regular de treinamentos, tanto para os auxiliares quanto para professores e demais profissionais que atuam nas unidades de ensino do município.

ADI – O Auxiliar de Desenvolvimento Infantil (ADI) é um profissional que atua no serviço de apoio aos alunos da educação especial ou no suporte aos professores dos segmentos creche (2 e 3 anos) e pré-escola (4 e 5 anos). É quem auxilia as crianças em tarefas como locomoção, atividades lúdicas, higiene e alimentação de forma a estimular o desenvolvimento da autonomia.

Fotos: Lucas Moura/Secom

Reportagem: Letícia Silva/Secom e Josiane Schulz / Smed