Prefeitura inicia obra de nova escola no Bairro da Paz com piscina semiolímpica e capacidade para quase 2 mil alunos

16 de jan de 2024 - Jornalismo

A Prefeitura de Salvador vai construir uma nova escola no Bairro da Paz, que contará com piscina semiolímpica, 28 salas de aula climatizadas com kit multimídia e capacidade para atender 1.960 alunos, sendo 980 por turno. O prefeito Bruno Reis esteve na manhã da segunda-feira (15) na localidade para assinar a ordem de serviço da obra, que dará origem a uma das maiores estruturas dentro do pacote de 50 unidades de ensino que serão inauguradas pela gestão municipal até o final deste ano.

Localizada na Rua da Gratidão, a nova escola terá 4,5 mil metros quadrados de área construída e ainda contará com auditório para 115 pessoas e com acesso externo para a comunidade, quadra poliesportiva coberta com vestiários, áreas de recreio coberta e descoberta, bicicletário, laboratório de informática, sala para Atendimento Educacional Especializado (AEE), refeitório, cozinha, entre outras facilidades. O investimento é de R$16 milhões.

“Essa será, sem sombra de dúvidas, uma das escolas mais bonitas de Salvador, que vai atender desde o Ensino Infantil até o Fundamental II. Isso quer dizer que a criança vai entrar aqui com três, quatro anos de idade e vai estudar com qualidade até ir para o Ensino Médio numa escola com o que há de melhor, para que ela sinta vontade de vir para a escola, para que ela queira vir estudar”, disse Bruno Reis no evento no Bairro da Paz.

O prefeito lembrou que, neste momento, a gestão está investindo R$400 milhões em obras para melhorar a infraestrutura do ensino municipal, e que vai chegar ao final do mandato com mais de 80% da rede requalificada. “Esse é o maior investimento da história da cidade na qualificação da sua rede. E por que isso? Porque é uma estratégia nossa. A gente quer que as crianças se sintam melhor nas escolas do que até na sua própria casa. Para que a criança acorde de manhã pedindo ao pai e a mãe para que leve ela para a escola”, disse.

Assim como nas demais unidades de ensino que vêm sendo construídas pela Prefeitura, essa terá acessibilidade completa, com elevador, sistemas de captação de energia solar e de reutilização de água pluvial.

Titular da Secretaria de Educação (Smed), Thiago Dantas disse que a Prefeitura notou a necessidade de uma escola de grande porte no Bairro da Paz. “Para suprir a demanda local e ofertar mais vagas no novo padrão com o qual estamos trabalhando. Essa daqui será uma das maiores escolas da rede, tendo até piscina semiolímpica. Hoje temos quatro unidades em construção com piscina, para qualificar ainda mais o processo pedagógico e fazer desse lugar um centro do processo de vida dessas crianças”, disse.

Ampliação – Como destacou Thiago Dantas, a estimativa é que as 50 escolas construídas ou reconstruídas vão representar um aumento de 45 mil novas vagas na rede municipal de ensino. “Para uma rede que tem atualmente 140 mil alunos, criar 45 mil novas vagas significa ampliar um terço da rede em apenas quatro anos. É uma coisa extraordinária, que vai de fato consolidar Salvador como referência em educação pública”, disse.

Desde 2021, foram inauguradas em Salvador 20 unidades de ensino, com investimento total de R$153,5 milhões. Outras 131 escolas passaram por reformas, que contabilizaram recursos de R$125 milhões. Estão em andamento as obras de construção de mais 23 prédios escolares, que somam R$262 milhões. Além disso, 167 unidades de ensino estão passando por reformas, com um investimento de R$145 milhões.

Segundo Bruno Reis, ainda em janeiro serão iniciadas as obras de mais sete novas escolas, totalizando 50 em quatro anos. “Ou seja, vamos entregar mais de uma escola nova por mês. E quem quiser conhecer o padrão que estamos adotando, basta visitar as que já inauguramos ou olhar nas redes sociais para entender a qualidade”, disse.

Ele lembrou ainda que a Prefeitura está cobrindo 80 quadras poliesportivas das escolas, adquirindo equipamentos para climatizar todas as salas de aula nos prédios públicos municipais, além de implantar conexão de banda larga com a internet em todas as unidades de ensino. Além disso, serão distribuídos para cada criança neste ano novo letivo duas fardas novas, dois pares de tênis, uma mochila e um kit escolar completo com caderno, estojo, lápis, caneta, lapiseira, régua, compasso, entre outros materiais escolares.

 

Foto: Betto Jr. / Secom PMS
Reportagem: Thiago Souza e Vitor Villar / Secom PMS