Alunos da rede municipal embarcam para intercâmbio cultural em Portugal

06 de nov de 2019 - Publicidade

Grupo, formado por 55 alunos, cinco professores e idealizadores do projeto, vai vivenciar o trajeto da Corte Portuguesa antes da vinda ao Brasil, além de participar de encontros com estudantes portugueses

Nesta quarta-feira (6), onze estudantes de nove escolas da Rede Municipal de Salvador embarcaram com destino a Portugal, onde passarão dez dias fazendo um intercâmbio cultural. Eles foram finalistas do projeto Era uma vez… Brasil. Além dos alunos de Salvador, o professor de História, Raul Coelho Barreto Neto, da Escola Municipal Alfredo Amorim, também foi premiado por sua atuação e acompanha os alunos na viagem. Estudantes de escolas municipais de Mata de São João (BA), de Pernambuco e de São Paulo também foram selecionados.

Estudantes selecionados de Salvador: Matheus Santos da Silva, da Escola Municipal Olga Figueiredo de Azevedo (Matatu), Kailane Victoria Silva Santos, Ana Clara dos Santos e Emilly Stephannie Rodrigues Lima, da Escola Municipal Amélia Rodrigues (Tororó), Cailane Menezes dos Santos, da Escola Municipal Manoel Henrique da Silva Barradas (Ilha Amarela), Kauã Gabriel Oliveira de Jesus, da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes (São Cristóvão), Willian Cunha Mascarenhas, da Escola Municipal Cidade de Jequié (Federação), Tainan da Conceição Oliveira, da Escola Municipal 2 de Julho (Trobogy), e Luis Fernando Silva Santos, da Escola Municipal Teodoro Sampaio (Santa Cruz),Beatriz Souza Aranha da Silva e Raquel Santana da Cruz da Escola Municipal Alfredo Amorim.

O Projeto “Era Uma Vez…Brasil tem foco no resgate às origens da formação do Brasil e na compreensão da influência dos indígenas, europeus e africanos na construção do povo brasileiro, respeitando as diferenças e as características sociais e culturais destes grupos. O“Intercâmbio Cultural” é a terceira etapa do processo.

Os 55 selecionados participaram da segunda etapa, “Campus”, com 300 estudantes e ao todo, a edição 2019 contou com quase duas mil inscrições na fase inicial. A Origem Produções assina a criação do projeto, que desde 2016 mobilizou mais de oito mil jovens, de 27 cidades e teve a participação de 364 professores de diferentes escolas públicas de todo o Brasil. Esta edição conta, ainda, com patrocínio da Baterias Moura, Grupo Lwart e Instituto Conceição Moura, além do apoio das secretarias municipais de educação de Lençóis Paulista e Macatuba (SP); Belo Jardim (PE); Salvador e Mata de São João (BA); e das secretarias de educação dos três estados participantes.

De acordo com a diretora executiva da Origem Produções, Marici Vila, muito mais do que proporcionar uma viagem única para os alunos selecionados ao longo das três etapas, o projeto provoca uma nova compreensão sobre a história do Brasil. “A recompensa para todos é o despertar do lado crítico para que compreendam a sua própria história e passem a ver nosso país sob uma nova perspectiva. Além de oportunizar tanto para os estudantes, quanto para os professores um novo olhar do passado e ter um melhor entendimento do Brasil atual e os seus desafios”, ressalta a diretora.

Saiba mais em www.eraumavezbrasil.com.br

Sobre o Era Uma vez…Brasil

O “Era uma Vez… Brasil” é um programa de atividades que tem o objetivo de colaborar com o desenvolvimento da cultura nacional, promovendo o enriquecimento dos alunos e professores envolvidos, por meio do contato com diferentes linguagens artístico-culturais. Estimular a compreensão dos alunos sobre a história do Brasil e seus reflexos atuais é o objetivo central da proposta. “Seguimos com o trabalho de contraponto ao sistema estabelecido, oportunizando uma formação de qualidade aos professores de História, para que os estudantes tenham acesso ao conhecimento de todos os fatos que envolvem a construção da sociedade brasileira. E, também, para que esse conhecimento seja construído de maneira agradável e significativa, favorecendo a formação de cidadãos críticos e responsáveis por seu papel social”, comenta Guilherme Parreira, coordenador pedagógico do projeto.