Quadrilhas de escolas municipais fazem abertura do Arraiá do Galinho

26 de Maio de 2010 - dev

Tempo de acender fogueira, soltar fogos, saborear comidas típicas e dançar uma boa quadrilha. Essa é a grande expectativa dos 110 alunos das escolas municipais Carlos Murion, Manoel Francisco do Nascimento Brito e do Centro Municipal de Educação (CMEI) Infantil Almir Oliveira, que se apresentarão no próximo final de semana (29 e 30) no Parque Costa Azul, na abertura do Arraiá do Galinho, promovido pela TV Aratu.

A apresentação da quadrilha das escolas, formada por alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental com idades entre 4 e 12 anos, será a partir das 13h. O tempo da apresentação será de 30 minutos para as duas escolas do Ensino Fundamental e de 5 minutos para o CMEI, que se apresentará no primeiro dia junto à Municipal Carlos Murion. Já, a Manuel Francisco, se apresentará no segundo dia de festa.

“Quando nos convidaram para fazer a abertura da 21ª edição do Arraiá do Galinho, o entusiasmo foi geral. Comecei de imediato ensaiar com os alunos, que me surpreenderam. Em uma semana eles já estavam prontos para se apresentarem”, afirmou o professor José Domingos Trindade, da Municipal Manoel Francisco Nascimento Brito.

A animação também toma conta das outras duas gestões, pais e comunidades do entorno do CMEI Almir Oliveira e da Municipal Carlos Murion. “Muito importante esse convite. Isso tudo vai poder permitir a valorização de nossas crianças e assim elas poderão expor para um público maior o aprendizado: a determinação que eles tanto estão tendo nos ensaios em prol da apresentação final”, enfatizou Ana Patrícia Silva, coordenadora pedagógica da Carlos Murion.

A professora que coordena os ensaios da quadrilha dos pequenos do CMEI Almir Oliveira, Dulce Sandes, contou que começou o trabalho dando referência ao São João. “Contei histórias relacionadas e falei sobre as comidas típicas da época da festa, depois tudo foi fluindo naturalmente. A música infantil em forma de ritmo de forró ajudou a envolvê-los. Tenho certeza que nossas crianças vão dar um show”, disse animada.

No mais tradicional concurso do gênero, que já se estende por 21 anos, e tem como diferencial a gratuidade da entrada, quadrilhas da capital e do interior se apresentarão resgatando temáticas ligadas à cultura nordestina, estimando a ida de muitos baianos e turistas. A programação inclui também shows musicais, jogos e atrações infantis, tudo em um ambiente totalmente tematizado.