Secult entrega novos instrumentos e uniformes para as fanfarras

02 de maio de 2011 - dev

Incentivar e valorizar as fanfarras da rede municipal de ensino é uma das metas da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult) para 2011. O órgão está promovendo a revitalização das oito bandas das escolas municipais de Salvador com a entrega de novos instrumentos e a modernização dos uniformes.O processo de revitalização das fanfarras visa fomentar o aprendizado musical e envolver os jovens no ambiente escolar com investimentos da ordem de R$543.594,96.

Os novos instrumentos serão inaugurados nas ruas do centro de Salvador, durante as comemorações ao 2 de Julho e foram distribuídos paras as cinco fanfarras já existentes na rede e para as outras três que foram criadas neste ano. A idéia, segundo o secretário João Carlos Bacelar é que, até dezembro de 2012, cada Coordenadoria Regional de Educação (CRE), são 11 no total, tenha duas fanfarras.

Para a criação dos modelos dos novos uniformes, pensados e adaptados para o clima da cidade do Salvador, a Secult firmou parceria com as Faculdades de Moda de Salvador – Unifacs, Unijorge e Faculdade da Cidade – que resultará na modernização das vestimentas. De acordo com a subcoordenadora de Assistência ao Educando da Secult, Cleane Reale, a receptividade apresentada pelos representantes das faculdades foi excelente. “Os estudantes de moda encaram a parceria como um desafio, sendo ela uma oportunidade para demonstrarem a amplitude de suas ações. Além da valorização, tanto das faculdades, quanto dos estudantes”.

Ensino da música – Reforçando e ampliando o ensino da música na rede municipal de ensino, a Secult lançou
em março, além do projeto de Revitalização das Fanfarras, o projeto Brincadeiras Musicais, da Editora Melhoramentos, que está sendo implantado nas escolas que atendem do 1º ao 3º ano do ensino fundamental e apresenta uma série de ações formativas que visam instrumentalizar o professor para o desenvolvimento de um trabalho de sensibilização, manuseio dos materiais sonoros, percepção, articulação dos elementos fundamentais da linguagem musical e inclui a distribuição kits com instrumentos musicais para as unidades.

O outro projeto lançado também no mesmo período é o Filarmônica nas Escolas das Ilhas, uma parceria da Secult com a Sociedade Lira Santamarense, tem como objetivo a manutenção da cultura das filarmônicas, bem como a profissionalização de jovens e adolescentes e será implantado nas nove escolas das ilhas que integram a Rede Municipal de Ensino de Salvador, sendo sete em Ilha de Maré, uma em Paramana e outra Bom Jesus Passos.